FFG anuncia Genesys RPG

https://www.fantasyflightgames.com/en/news/2017/6/27/genesys/

Parece que teremos muitas novidade em RPG por parte da FFG este ano. Por um lado estamos todos torcendo para que saia o novo RPG do L5R, mas provavelmente deve demorar (seé que vai sair). Antes que isto aconteça a FFG fez um anúncio um tanto inesperado: Genesys. Um RPG genérico usando o sistema dos seus jogos do Star Wars, também chamado de Narrative Dice System. O livro básico deverá ter 5 cenários sendo fantasia, steam punk, weird war, odern day e science fiction e deverá sair perto do fim do ano.

Esta semana faço um vídeo comentando este lançamento e o sistema em si.

Comentários

  1. Por essa eu não esperava. Se algum dia forem lançar uma nova edição do L5R, a tendência é de que usem esse sistema, dada essa inciativa da FFG de criar uma versão genérica dos RPGs do Star Wars.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, eu tb fiquei pensando nisso. Será que um futuro RPG do 5R virá nesse sistema? A tendência é pensar que sim, já que eles estão lançando esse Genesys e devem querer fortalecer e unificar seu sistema. Além disso é um sistema hoje bastante difundido devido aos produtos do Star Wars. Ainda não sei particularmente o que pensar disto pq eu particularmente não gosto do roll & keep. Não sou muito fã de pilhas grandes de dados e acho que ele fica bem problemático em altos níveis. Não que o sistema da FFG resolva tudo isso até pq também é um sistema de pilha de dados.
      Eu penso sériamente em comprar o Genesys para ver como ele funciona de forma genérica, até pq não temos grandes sistemas genéricos hoje (apesar de estarmos esperando o Alternity que é um sistema genérico, porém voltado para ficção científica).
      Ainda existe o problema de você depender dos dados especiais, mas quem tiver os do star wars deve ser compatível.
      O que eu mais gostei no Genesys é ele não ter vindo só com o sistema, mas com 5 cenários bacanas.

      Excluir
  2. Eu já gosto do sistema do L5R. Apesar de usar pilha de dados, existe um teto de 10 dados por jogada, o que impede os absurdos que vemos em sistemas como o Storyteller ou Shadowrun.

    Concordo quanto ao sistema ficar problemático nos ranks mais altos, mas esse é o queixo de vidro de muitas outras engines. O design do Roll & Keep é incompatível com personagens muito poderosos. É um sistema desenhado com uma boa dose de realismo. A vantagem do L5R, pelo menos na primeira edição, era o grau de mortalidade do jogo. Não havia problema do jogo quebrar nos ranks altos, porque os jogadores simplesmente não chegavam lá. Joguei muito L5R e a campanha mais longa que tivemos durou 20 sessões. Normalmente oscilavam entre 6-10 partidas.

    ResponderExcluir
  3. Eu gostava bastante da 1ª e 2ª edições, mas a mortalidade foi caindo com o passar das edições. A 4ª edição apesar de usar o mesmo sistema, é bem diferente das duas primeiras. Uma das mudanças que eu não gostei é que antes os níveis de atributos e skills eram limitados à um máximo de 5. Já na 4ª edição eles chegam à 10. Só aí já cria um problema, pq como vc disse o limite da pilha é de 10 dados, então para resolver isso eles usam um esquema que não lembro bem, mas acho que cada 2 dados além de 10 que você jogaria, você passa a segurar 1 dado à mais.
    No meu grupo em uma campanha média, rapidamente tinha personagens rolando tipo 10k7 ou 10k8. No uso de magia era bem evidente que nunca ninguém falhava no teste de magia. Fora que rolar e ficar somando os dados da pilha, junto com os que explodem, etc, leva um tempo considerável. Hoje não volto a jogar a 4ª edição justamente por causa do sistema, apesar de ser de longe a mais bonita e bem acabada. Fora a parte narrativa dos suplementos que também são de primeira qualidade.
    O maior problema que eu vejo em uma futura edição do 5R é na verdade que ele é um cenário pra lá de explorado. O que vão lançar de suplementos? Todos os livros de clãs de novo? Livros com todas as eras de novo? Esta parte é complicada pq praticamente em toda edição foram lançados praticamente os mesmos suplementos de uma forma ou de outra. Talvez possam lançar campanhas, etc, mas é o tipo de sinuca de bico. Se vc nao lançar os livros a nova edição fica incompleta, se lançar os fãs vão reclamar de pagar de novo pelo mesmo material

    ResponderExcluir
  4. A quarta eu joguei pouco, mas concordo com suas críticas. L5R pra mim sempre foi a primeira edição. Das novas, eu acabava pincelando um coisa é outra, mas a primeira foi a que mais joguei.

    Esse negócio do cenário estar basicamente esgotado é uma verdade. Hoje, se fosse o chefe editorial de uma eventual quinta edição, lançaria um manual básico bem completo, um livro de expansão de cenário, um compêndio com mais escolas, magias e clãs e seria isso. Daí pra frente é manter o jogo vivo com aventuras e campanhas.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Sistemas de RPG parte 1: Dados

Sistemas de RPG parte 3 - Evolução dos personagens

Sala de jogos pronta e Mesa de jogos