Symbaorum review parte 1



Terminei de ler recentemente o RPG Symbaroum, do qual participei do FC e fiquei profundamente impressionado. O Livro é muito bem escrito, as ilustrações são maravilhosas, as regras concisas e o cenário é animal.

O livro trata da região ao sul da floresta Davokar. Uma floresta imensa, povoada por bárbaros, élfos (são do mal), goblins, trolls e abominações muito mais sombrias. A história começa 1000 anos antes com a ascenção e queda de uma grande civilização chamada Symbaroum. Depois disto as tribos bárbaras começam a se unir e construir assentamentos e cidades ao redor e nas bordas da Davokar e surgem os Ambrianos mais ao sul da cordilheira montanhosa governados pela rainha Korinthia.

Então 21 anos atrás uma força maligna surge no coração da floresta e guiados pelo Lorde Negro uma horda de criatura das trevas invade os reinos ao sul. A grande guerra começa. O pai de Korinthia, rei Ynedar é morto e ela é coroada. Logo depois ela é sequestrada por agentes das sombras e levada á fortaleza negra no interior da floresta. Quando tudo parecia perdido um último esforço é feito invadindo a fortaleza, resgatando a rainha e vencendo o Lorde Negro pondo um fim à guerra.


Porém com seu reino devastado, Korinthia ordena que todos marchem para o norte, próximoà grande floresta onde seu novo reino será reconstruído na terra prometida. É fundada a capital Yndaros em cima das ruínas de uma antiga cidade dos bárbaros. Começa a exploração da floresta para trazer recursos ao novo reino e junto com a exploração emergem os atritos com elfos e outros habitantes da floresta...

 O livro segue descrevendo as facções presentes no cenário na forma das casas nobres e seus condados, os clãs bárbaros e suas intrigas, A igreja de Prios, o único deus, a Ordo Mágica, guilda dos magos e o exército da rainha. Menciona ainda o pacto de ferro, um suposto pacto feito com os elfos há séculos atrás que é motivo de muita briga.

Ainda descrevendo o cenário há uma breve descrição da floresta e seus habitantes, divididos em parte clara e escura, sendo as partes mais escuras as mais perigosas e também as mais lucrativas, onde estão as ruínas intocadas de Symbaroum. O suplemento On the Nature of Davokar, um livretinho de 8 páginas tem descrições interessantes da floresta, mas ainda falta muita coisa a ser dita e espero que um livro inteiro seja dedicado à ela.


Em seguida é descrita Thistle Hold, uma fortaleza construída por um ex aventureiro nas margens da floresta e que serve de ponto de partida para a maioria das expedições. A descrição é bem detalhada com mapa, lugares, personagens, organizações, intrigas e ganchos. Um verdadeiro sandbox da cidade. Da mesma forma existe um capítulo todo para descrever a capital Yndaros e Kavorsti, um assentamento bárbaro na parte sul da floresta que é fruto de disputa entre peregrinos de Prios e bárbaros e onde moram o grande chefe dos bárbaros, a huldra Yeleta (uma espécie de arqui bruxa bárbara) e a criatura Aloéna.

Este é o cenário contido no livro, mas como já disse há muito a ser explorado e quando você termina de ler a primeira parte já fica morrendo de curiosidade sobre o cenário: como são os condados? Como é a igreja de Prios em detalhes? A floresta!!!! O que tem dentro dela? Realmente o cenário é tão rico e ao mesmo tempo concentrado em um espaço tão pequeno que chega a impressionar.

Na próxima parte vou escrever sobre o capitulo voltado aos jogadores

Comentários

  1. Grande jogo. Continua na minha fila de leitura, mas ganhou prioridade.

    Que época ótima para se jogar RPG! Tanta coisa interessante sendo lançada.

    ResponderExcluir
  2. Verdade Luciano, jogamos ontem uma sessão, sem os players se matarem e foi muito legal, vou postar a segunda parte em breve

    ResponderExcluir
  3. Sua resenha me convenceu a comprar o pdf!!! Vou começar a ler agora. Continue com suas postagens sobre ele. Outro rpg que indico é o Shadow of demon lord, já leu?

    ResponderExcluir
  4. E aí Henderson blz? Cara estou com o material aqui para ler. Quero escrever o review tb. O symbaroum é mto bom, não vai se arrebender. Esta semana assim que arrumar um tempo vou postar a segunda parte da review

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Sistemas de RPG parte 1: Dados

Sistemas de RPG parte 3 - Evolução dos personagens

Sala de jogos pronta e Mesa de jogos