Review: Awaken QS

Este fds jogamos finalmente o QS do Awaken. A aventura é curta, são apenas 4 cenas e lembra bastante o primeiro episódio do anime Shingeki no Kyojin. A aventura é bem linear, envolvendo alguma investigação e dois combates. No geral foi bem bacana, deixou algumas perguntas no ar, principalmente sobre o papel das ordens.


Os 4 PJs prontos são bem variados, alguns voltados para o combate e outros mais investigativos. Todos possuem algum(s) poderes chamados gifts. Um PJ por exemplo podia ler mentes e dar ordens simples como "solte sua arma" para outros PDMs, outro PJ ficava invisível nas sombras enquanto outro regenerava dano.


O que eu gostei nestes poderes é que a mecânica é bem simples, mas depende de um teste para funcionar. Falhas tem consequências como não poder usar o poder por 24 horas e abusos repetidos levam à uma espécie de corrupção.


A mecânica em si é um Treshold Pool de D6s, bem similar ao shadowrun, onde todo 5 e 6 são sucessos. São apenas 3 atributos entre Físico, Mental e Social, cada um ligado à 5 skills. O combate é bem rápido e geralmente não dura mais que 2 turnos. Para mim o mais legal nesta mecânica é que você junta sua pilha de dados somando atributo, skill e equipamento e depois antes do ataque você deve escolher quantos dados você vai destinar para o ataque e para a defesa. Esta mecânica simples simula todo tipo de manobra do tipo ataque e defesa total e todas as intermediárias.


Todos os sucessos que não são anulados pelos sucessos de defesa viram dano. Em geral os PJs têm algo em torno de 6 pontos de vida, então é bem fácil zeras os PVs. A partida durou cerca de 3 horas entre revisar as regras e analisar os PJs e o jogo em si. Fiquei com vontade de jogar mais e quando sair o PDF vou continuar mestrando com certeza.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sistemas de RPG parte 1: Dados

Sistemas de RPG parte 3 - Evolução dos personagens

Sala de jogos pronta e Mesa de jogos