Finalmente Dungeon & Dragons 5a edição



Finalmente saíram as datas de lançamento da nova edição do D&D. Tudo começa com este box aí em cima. O Starter Set será bem básico contendo um livro de regras para personagens até o 5º nível com 32 páginas, um livro com aventuras com 64 páginas, 5 fichas prontas e 1 conjunto com 6 dados poliédricos. Sai dia 15 de julho e na Amazon custa U$ 12,65. Bem razoável. Vamos aos outros:


Livro do Jogador: 320 páginas, sai dia 19 de agosto, U$ 29,97.

Hoard of the Dragon Queen: Aventura de 96 páginas, sai dia 19 de agosto, U$ 26,96.

Livro dos Monstros: 320 páginas, sai dia 30 de setembro, U$ 34,33.

The Rise of Tiamat: Aventura de 96 páginas, sai dia 21 de outubro, U$ 21,74.

Livro do Mestre: 320 páginas, sai dia 18 de novembro, U$ 34,33.


IMPRESSÕES

Depois de anos de desenvolvimento e playtests finalmente vai sair mesmo a nova edição do D&D. Pelo que vemos as imagens vão tender, pelo menos nas capas, para um estilo fotográfico, criando um ar bem diferente das edições anteriores. A hasbro/Wizards vai continuar com a estratégia de tornar D&D um produto multimilionário (os objetivos iniciais são 50 milhões de dólares), o que é bem ambicioso levando em conta a resposta que teve a 4a edição.

Durante os playtests as impressões dos jogadores foram muito variadas, teve gente que gostou e teve gente que achou muito parecida com a 3a edição. As capas dos produtos apostaram nos dragões que dão nome ao jogo. A descrição dos livros feitas pela Wizards para mim foram totalmente descabidas. Em vez de mostrar o que o livro contém como todo livro, eles preferiram ficar se auto enaltecendo como o RPG mais icônico do mundo, o melhor jogo de todos os tempos, etc. O que acredito que vai acontecer é que muitos dos fãs do D&D vão comprar o livro como aconteceu com a 4a edição, mas muita gente vai por o pé no freio e esperar. Muitos jogadores partiram para outras alternativas como Pathfinder, jogos OSR, ou até outros gêneros.

Se o jogo for realmente bom ele vai arrebanhar jogadores e reconquistar parte dos antigos fãs, mas o que está em risco aqui parece ser o futuro do próprio D&D. Os planos da Hasbro são de investir no formato de livros de RPG de mesa SE o produto bater as metas financeiras, caso não venda bem a empresa deve encostar os livros por um longo tempo e utilizar a marca para outros produtos como RPGs eletrônicos, quadrinhos, tabuleiros, etc. Se isso acontecer vai ser a primeira vez desde a invenção do RPG que D&D não vai ter uma edição com produtos sendo lançados. ë esperar para ver.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sistemas de RPG parte 1: Dados

Sistemas de RPG parte 3 - Evolução dos personagens

Sala de jogos pronta e Mesa de jogos